“Ele é movido pelo rancor”, diz Humberto Carrão sobre Fabinho de “Sangue Bom”

Humberto Carrão, 21, acredita que Fabinho, seu personagem em “Sangue Bom” (Globo), não é de todo mau.

“Ele tem amor e simpatia dentro dele”, contou. “No momento da história que a gente está vendo, são elementos que ele escolheu deixar de lado.”

“Ele não é movido por isso”, avaliou. “Ele é movido pelo rancor.”

Há poucos capítulos no ar, Fabinho já apareceu perdendo o emprego após destruir o carro de seu chefe com uma retroescavadora, maltratando a mãe adotiva e sendo preso por fazer pega de moto.

Mesmo assim, o malvadinho vai se fazer de santo para melhor passar.

“Para muita gente, ele vai se apresentar da melhor forma possível”, diz. “O talento do Fabinho é a manipulação, mostrar uma coisa que ele não é.”

“Fabinho é inconsequente, ele quer poder, ele quer dinheiro, ele quer fama”, adiantou. “E sempre escolhe os caminhos mais difíceis.”

O ator ainda não sabe até que ponto o personagem vai chegar em suas articulações.

“Ele não tem muita medida para conseguir o que quer”, disse. “Mas está muito cedo para falar se ele é capaz de matar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s