Com atuais novelas chegando ao fim, Globo renovará o contrato de poucos TARDE!”

Maria Casadevall ganhará contrato longo; atriz é exceção

Maria Casadevall ganhará contrato longo; atriz é exceção

A Globo vem adotando novas políticas em relação ao seu casting de atores. Ao contrário de anos anteriores, a emissora tem diminuído o número de contratos longos e adotado ‘vínculos por obra’.

Neste novo formato, os artistas permanecem contratados pela Casa apenas durante a exibição da novela da qual participam, sendo liberados a seguir e podendo ser contratados novamente para uma produção futura. Com isso, a emissora diminuiu drasticamente o número de atores que recebem salários sem estarem no ar, privilégio que passou a ser apenas do chamado ‘primeiro escalão’ de estrelas da Globo.

Com três de suas novelas chegando ao fim ainda este ano e com “Amor à Vida” marcada para terminar em janeiro, a emissora já delineia quem ganhará contrato fixo e quem permanecerá sem vínculo até o próximo trabalho. De acordo com a colunista Keila Jimenez, o esquema ‘por obra’ será adotado com a imensa maioria dos atores coadjuvantes de “Flor do Caribe”, “Sangue Bom”, “Saramandaia” e “Amor à Vida”.

Entre as raríssimas exceções estão as atrizes Maria Casadevall e Tatá Werneck, de “Amor à Vida”, e o ator Igor Rickli, intérprete do vilão Alberto de “Flor do Caribe”. Ainda que tenham se destacado em seus respectivos personagens, muitos outros atores de renome não ganharão contratos longos.

A medida reflete o atual momento do mercado. Com o recuo da Record, que promoveu centenas de demissões e diminuiu drasticamente sua produção de novelas, a Globo se viu praticamente sem concorrência e passou a considerar desnecessário o ato de ‘segurar’ todos os seus artistas.

Anúncios

Entrada de Mel Fronckowiak em “Amor à Vida” é cancelada, mas Globo admite interesse na atriz

Não foi dessa vez, mas Mel deve garantir ingresso na Globo

Não foi dessa vez, mas Mel deve garantir ingresso na Globo

Poucas semanas após anunciar sua saída daRecord, a ex-Rebelde Mel Fronckowiak teria sido sondada pela Globo e chegou a estar cotada para fazer uma pequena participação em“Amor à Vida”.

Mel não conseguiu acompanhar sua colegaSophia Abrahão, outra ex-Rebelde, na novela de Walcyr Carrasco, mas ainda assim deve migrar para a Globo em breve.

De acordo com o colunista Flávio Ricco, a participação da morena em “Amor à Vida” foi cancelada, mas a emissora já admite publicamente seu interesse na atriz, que deve integrar o elenco de uma das futuras produções da Casa. A mais cotada para abrigá-la é “Em Família”, de Manoel Carlos, próxima novela das 21h da emissora.

Mel é a atual namorada do astro Rodrigo Santoro, afastado das novelas globais desde “Mulheres Apaixonadas” (2003), também escrita por Manoel Carlos, autor que deve promover a estreia de sua amada na telinha global.

Descubra quanto a Globo gastará em cada capítulo de “Joia Rara”

Família central da trama de "Joia Rara"

Família central da trama de “Joia Rara”

“Joia Rara” estreará na próxima segunda-feira (23) repleta de expectativas por parte da Globo. A novela das 18h é uma das principais apostas da emissora para a reta final de 2013 e recebeu investimentos superiores aos costumeiramente gastos nas novelas das 21h, campeãs de audiência da Casa.

Além de cenas gravadas no Nepal e de possuir fotografia cinematográfica, a trama escrita porThelma Guedes e Duca Rachid deve ser uma das mais caras da história da Globo e, de acordo com o colunista Flávio Ricco, possui um custo estimado por sua própria produção em R$ 800 mil por capítulo, os mais caros capítulos da história das novelas globais.

O folhetim foi gravado com esmero e a edição final de seu primeiro capítulo terminou somente na última quarta-feira (11). A diretora-geralAmora Mautner, célebre pelo trabalho desenvolvido em “Cordel Encantado” (2011), trabalho anterior das duas autoras, vem sendo elogiada internamente e deve ser promovida pela emissora a diretora de núcleo.

Se possui os mesmos 159 capítulos de sua antecessora “Flor do Caribe”, “Joia Rara” poderá custar cerca de R$ 127 milhões aos cofres da Globo.

“Jornal da Record” e “SBT Brasil” marcam a mesma audiência

image

Experimentando um grande crescimento de udiência nos últimos meses, o “Jornal da Record” não teve uma boa segunda-feira no uesito audiência.

De acordo com dados consolidados de ontem 09), o “JR” marcou 7 pontos de média. O índice, baixo por si só, torna-se ainda pior uando comparado com o conquistado pelo SBT Brasil”, que, na mesma segunda-feira, marcou os mesmos 7 pontos. Ao contrário, porém, do rival, o telejornal do SBT vai ao ar num horário com menos televisores ligados e recebe investimentos tímidos.

s telejornais ainda dividiram uma triste oincidência: nenhum dos dois conseguiu bter a vice-liderança no ranking de udiências. Enquanto o “SBT Brasil” perdeu para o “Cidade Alerta”, o “Jornal da Record” oi derrotado pela reprise de “Rebelde”.

Felipe Massa anuncia saída da Ferrari e preocupa a Globo

image

A queda do prestígio da Fórmula 1 junto aos telespectadores brasileiros tem sido constante nos últimos anos e, consequentemente, a Globo tem visto a audiência de suas transmissões despencar.

Aos sábados em que exibe os treinos classificatórios, a emissora chega a ficar em terceiro lugar no ranking de audiências, perdendo para Record e SBT. Aos domingos, embora as corridas mantenham a liderança, seu público diminui anualmente.

A Globo atribui a falta de interesse do telespectador ao baixo desempenho dos pilotos brasileiros. Desde a morte de Ayrton Senna, Rubens Barrichello e Felipe Massa herdaram o posto de ‘esperança da nação’, mas jamais corresponderam às expectativas.

Em 2014, o panorama, já sombrio, tende a ficar mais nebuloso. Na tarde desta terça-feira (10), Felipe confirmou que deixará a Ferrari, a segunda maior equipe da categoria, após oito anos. O futuro profissional do piloto torna-se incerto, uma vez que seu passe deve interessar apenas a equipes inferiores à própria Ferrari, prejudicando ainda mais o desempenho de Massa, que não vence uma corrida desde 2008.

No mês passado, a Globo já havia confirmado uma parceria com o Fox Sports, que também cobrirá a Fórmula 1 na TV por assinatura. Sem um piloto brasileiro numa grande equipe, a tendência é que a categoria automobilística perca ainda mais espaço na TV aberta.

Globo define ‘fila’ de autores e escala novelas para os próximos dois anos

image

Um dos segredos para a manutenção do chamado “padrão Globo de qualidade” é a grande antecedência com a qual a emissora planeja suas novelas. Chegando à reta final de 2013, os autores da Casa já conhecem a ‘escala’ dos próximos dois anos.

O esmero na produção dos folhetins, que começam a ter locações, atores e diretores selecionados até um ano antes de sua estreia, pode ser visto no ar. As novelas que ocupam a programação atual da Globo já estavam sendo idealizadas no mínimo desde 2011, tendência que será mantida ao menos até 2015.

Na faixa das 18h, por exemplo, “Joia Rara” estreia em setembro já sabendo que será substituída por “Meu Pedacinho de Chão”, remake escrito por Benedito Ruy Barbosa, em 2014. No segundo semestre do ano que vem, Elizabeth Jhin assume o horário com mais uma trama de época, que terá a cabala, religião que possui fiéis do quilate de Madonna, como tema principal.

Em 2015, Cláudia Laje, uma das autoras de “Lado a Lado”, novela aclamada pela crítica mas detentora do título de pior audiência da história do horário, demonstra ter a confiança da Globo e reassume a faixa.

Para às 19h a Globo grava “Além do Horizonte”, que deve terminar em meados do ano que vem, mas já pensa em sua substituta, a segunda novela da dupla Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, que assinaram “Cheias de Charme”, último grande sucesso do horário. Já em 2015, “Buuu”, título provisório de uma sinopse deixada pela falecida autora Andréa Maltarolli, será escrita pelo estreante Daniel Ortiz. Na trama, um médico passa por apuros ao se comunicar com os mortos.

Na principal faixa de novelas da emissora, a antecedência é ainda maior e “Amor à Vida” chega ao fim em janeiro do ano que vem já conhecendo suas quatro sucessoras. “Em Família”, de Manoel Carlos, será substituída pelo novo folhetim de Aguinaldo Silva, outro campeão de audiência da emissora, enquanto em 2015 o horário ficará nas mãos de Gilberto Braga (longe da TV desde “Insensato Coração” em 2011) e João Emanuel Carneiro, autor de “Avenida Brasil”, um dos maiores sucessos dos últimos anos.

Na emblemática faixa das 23h ,em 2015 uma trama inédita escrita por Lícia Manzo deve ser a bola da vez. Antes disso, os remakes de “O Rebu” (1974), “O Semideus” (1973) e “Xica da Silva” (1996) brigam por uma vaga no ano que vem.

Maria Flor estreia duas atrações no Multishow

image

Maria Flor está longe da TV aberta desde que fez algumas participações em series como “A Grande Família” e “Xingu”, em 2012. Mas, na TV paga, a atriz segue com a agenda lotada.

Ela se prepara para as gravações, em novembro, de uma nova série para o Multishow. Escrita e produzida por Flor, a atração terá 13 episódios e contará a história de quatro amigas que dividem um apartamento. O elenco será formado por Flora Diegues, Vitoria Frate, Julia Stockler e Liliana Castro.

Ainda no Multishow ela também voltará ao ar como atriz, em outubro, na segunda temporada de “Do amor”. Emanuel Aragão será o novo par romântico de Maria. Ele fará o papel de Brás, um artista que Lulu, personagem dela, conhece no Vidigal. O ator entra no lugar de Armando Babaioff, que não pôde continuar na série por conta das gravações de “Sangue bom”.

SBT demite Analice Nicolau, que marcou época ao apresentar o “Jornal das Pernas”

image

O SBT segue promovendo ajustes em sua estrutura com o enxugamento de despesas e a dispensa de alguns profissionais. No início da semana passada, a emissora levou ao olho da rua cerca de 60 profissionais, entre os quais estavam Priscilla Alcântara e Márcio Ballas.

Agora, o alvo foi Analice Nicolau. Mas diferente dos colegas, a jornalista não foi dispensada como parte dos cortes e, sim, por uma questão pessoal. Segundo Janaina Nunes, do Yahoo!, Nicolau vinha se atrasando com frequência, sem sequer dar explicações à direção da casa. Comenta-se nos bastidores que Analice esteja passando por alguns problemas pessoais, mas não se sabe ao certo quais seriam esses problemas.

A propósito, ainda de acordo com Nunes, a saída da jornalista da apresentação do “SBT Manhã” se deu exatamente por conta dos atrasos. Como uma forma de resolver a situação, o SBT optou por remanejá-la para comandar os boletins exibidos ao longo da tarde. Mas os atrasos teriam persistidos.

Analice Nicolau estava no SBT desde 2005, tendo participado, em 2002, da “Casa dos Artistas”. Ao lado de Cinthia Benini apresentou por quase um ano o “SBT Notícias Breves”, popularmente conhecido como o “Jornal das Pernas”. A jornalista estava no comando do “SBT Manhã” desde 2007 e, no início deste ano, foi substituída por Joyce Ribeiro, que passou a dividir os trabalhos com o Hermano Henning.
Continuar lendo

Para manter segredo, dois capítulos de “Flor do Caribe” ainda não foram entregues ao elenco

image

“Flor do Caribe”, atual novela das 18h da TV Globo, chega ao fim nesta semana tendo elevado a audiência da faixa em três pontos com relação à trama anterior, “Lado a Lado”. Apesar de estar próxima do desfecho, não tem nenhum mistério no ar, do tipo “quem matou quem?”, recurso comumente adotado por autores.

A mocinha Estér (Grazi Massafera) já está nos braços do mocinho Cassiano (Henri Castelli) e, como esse final já está definido, resta saber o que vai acontecer com Dionízio Albuquerque (Sérgio Mamberti) e seu neto, Alberto (Igor Rickli). Eles vão pagar por tudo o que fizeram? Alberto vai se redimir depois de ter ouvido conversa entre seu avô e Guiomar (Claudia Netto), onde ficou claro o que aconteceu com seu pai e o motivo por ter sido “abandonado” pela mãe?

Algumas denúncias contra Dionízio virão à tona e são esses mistérios que o autor Walter Negrão pretende preservar nesta reta final. De acordo com o jornal “O Globo”, o elenco ainda não recebeu os dois últimos capítulos da produção e as cenas estão sendo gravadas poucos dias antes de irem ao ar.

“The Voice Brasil” entra no ar com data para terminar

image

Diferente do reality show “A Fazenda” que estreia sem ter data para sair do ar – só nesta edição foram muitas as roças canceladas, o que fez aumentar as críticas com relação a manipulação no jogo – a segunda edição do “The Voice Brasil” tem data de estreia e final já definidas pela TV Globo.

O programa entra no ar a partir do dia 3 de outubro, quinta-feira, ocupando a vaga deixada pelo seriado “A Grande Família”, que este ano terá uma temporada mais curta por conta da mudança de horário da atração comandada por Tiago Leifert.

A final, segundo a coluna “Outro Canal”, já está programada e ocorre no dia 26 de dezembro, depois do Natal.

Autoras de “Jóia Rara” podem desenvolver novela inédita para às 23h

image

“Jóia Rara” nem estreou e as autoras Thelma Guedes e Duca Rachid já estão pleiteando uma nova produção na TV Globo. Mais que isso: estão ensaiando uma promoção, deixar a faixa das 18 rumo às 23h, atualmente ocupada pelo mal-sucedido remake de “Saramandaia”.

Segundo o jornal “O Globo”, a dupla, que já emplacou alguns sucessos na faixa das seis, como a festejada “Cordel Encantado”, entregou o projeto de uma nova produção para o quinto horário de novelas da Globo.

Tal qual “Sete Vidas”, de Lícia Manzo, é uma história inédita. A ideia é que o folhetim, caso aprovado, entre na sequência da história da autora de “A Vida da Gente”.

Cauã Reymond protagonizará duas séries em 2014; ator é cotado pra novela

image

Prestes a voltar à telinha, Cauã Reymond será figura onipresente na TV em 2014.

Dono de um dos principais papéis de “Amores Roubados”, próxima minissérie da Globo com estreia prevista para janeiro, Reymond dará vida a André em “O Caçador”, série de Marçal Aquino e Fernando Bonassi com direção de José Alvarenga. Na produção, o ator será um policial honesto que ao ser preso no lugar de uma pessoa querida ressurge, anos depois, como um caçador de recompensas. A estreia está prevista para o segundo semestre do ano que vem.

Além disso, Cauã é um dos poucos cotados para o elenco da próxima novela de João Emanuel Carneiro para o horário das 21h. A produção, ainda sem título definido, tem estreia prevista para meados de 2015.

César teve passado homossexual em “Amor à Vida”, diz revista

image

A forma preconceituosa com que César (Antonio Fagundes) lida com a homossexualidade pode ganhar uma explicação mais convincente em “Amor à Vida”. De acordo com a revista “Super Novelas”, o patriarca da família Khoury teve um passado homossexual em sua juventude.

Como nos anos 60 a homossexualidade era tabu, César tinha relacionamentos secretos com outros meninos da escola, porém, um dia, a mãe de um rapaz descobriu que o filho estava se relacionando com ele. Para evitar o preconceito, o empresário começou a se relacionar com mulheres.

Tudo virá à tona quando Félix (Mateus Solano) conhecer um dos antigos namoradinhos do pai em um bar. O vilão ficará chocado e descobrirá, enfim, o motivo de sofrer tanto preconceito durante sua adolescência.

Globo prepara pacote de estreias para outubro

image

“Saramandaia” chegará ao fim no próximo dia 27 e a Globo já programa seu tradicional pacote de seriados para ocupar a faixa a partir do mês de outubro, que será marcado por diversas estreias na emissora.

No dia 1°, “Pé na Cova”, série que tem Miguel Falabella como idealizador e protagonista, estreia sua segunda temporada. Bem avaliado pela Globo, o seriado era exibido nas noites de quinta, mas agora ocupará as de terça-feira.

O novo ‘dono’ das quintas é o “The Voice Brasil”. O reality musical apresentado por Tiago Leifert estreará no dia 3 e é o maior investimento da emissora neste segundo semestre e ocupará o lugar de “A Grande Família” – que teve sua temporada encurtada -, indo ao ar sempre após “Amor à Vida”. No ano passado, o “The Voice” era exibido nas tardes de domingo, mas a Globo avaliou que o horário nobre é o mais adequado para a atração.

Na mesma noite, “Amor & Sexo”, outro velho conhecido do público retorna à grade da emissora. O picante talk show comandado por Fernanda Lima já está em sua sétima temporada e irá ao ar nas madrugadas de quinta, começando após o “The Voice”.

No dia seguinte (04), finalizando a semana de estreias, a Globo apresenta a série “A Mulher do Prefeito”, que ocupará os fins de noite de sexta-feira, sempre após o “Globo Repórter”. Protagonizada por Denise Fraga e Tony Ramos, a produção tem a missão de elevar os índices da problemática faixa, que vem acumulando fracassos nos últimos anos

No SBT, reprise de Carrossel” atinge alta udiência

image

Amplamente criticada nas redes sociais e vista com maus olhos pelos fãs do SBT, a prematura reprise de “Carrossel” está, por ora, gerando bons frutos para a emissora.

Reprisada apenas 34 dias após chegar ao fim, a novelinha infantil parece não ter se desgastado junto ao seu público e está (novamente) entre as campeãs de audiência da Casa.

Na noite de ontem (03), “Carrossel” marcou robustos 8 pontos de média, número bem superior ao que o SBT costumava marcar no horário, anteriormente ocupado por séries americanas. Embora se mantenha atrás do “Cidade Alerta”, principal trunfo da Record, a novelinha diminuiu consideravelmente a distância entre as emissoras na faixa.

O belo resultado animou a alta cúpula do SBT e garantiu a “Carrossel” o título de segunda maior audiência da emissora durante todo o dia, empatada com a reprise de “Rebelde” e perdendo apenas para a ‘colega’ “Chiquititas”.