Após declarações de Sheherazade, verbas do governo ao SBT são questionadas por deputados

Rachel Sheherazade é âncora do "SBT Brasil"

Rachel Sheherazade é âncora do “SBT Brasil”

Nesta quinta-feira (20/2), um questionamento sobre as verbas publicitárias do governo federal ao SBT poderá ser enviado à Secretaria de Comunicação Social da Presidência por parlamentares do PCdoB, liderados pela deputada federal do Rio de Janeiro, Jandira Feghali.

Tudo por conta dos comentários polêmicos de Rachel Sheherazade no “SBT Brasil”. Segundo a Carta Capital, o grupo argumenta que a jornalista “desafia o código de ética dos jornalistas e incita a intolerância, a violência e o crime contra minorias sociais em seu programa”, apontando que o governo não deveria investir em publicidade em uma emissora “que permite a uma apresentadora incitar o ódio em horário nobre”.

Para veicular propagandas do governo federal em 2012, a emissora recebeu R$ 153,5 milhões de reais. Vale dizer que o canal é a terceira empresa que mais recebe recursos do governo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s