Paródia a Luan Santana rende processo

Humorista Vinícius Vieira brincou com orientação sexual do cantor

Editora da faixa de Luan Santana (foto) alega danos a imagem / Reprodução/Twitter

A paródia que o humorista Vinícius Vieira fez da música “Amar Não É Pecado”, do cantor Luan Santana, rendeu um processo ao comediante, informou a coluna “Zapping”, do jornal “Agora”.

Na versão de Vieira, que trabalha na Record, o hit se transformou em “Dar Rosca Não É Pecado”, uma paródia sobre a orientação sexual de Luana Santana.

Ao tomar conhecimento da brincadeira, a editora da música original decidiu abrir o processo e pede R$ 200 mil por danos a imagem.

VEJA O VÍDEO DA MUSICA:

band

Anúncios