“Faltou sensibilidade”, diz Gloria Perez sobre peça inspirada em Isabella Nardoni; Marcilio Moares defende encenação do grupo Os Satyros

ed london bobsousa3 “Faltou sensibilidade”, diz Gloria Perez sobre peça inspirada em Isabella Nardoni; Marcilio Moares defende encenação do grupo Os Satyros

A censura judicial à peça Edifício London gera polêmica não só na sociedade como também no meio artístico . O texto foi escrito pelo dramaturgo Lucas Arantes e seria encenado pelo grupo teatral paulistano Os Satyros, com direção de Fabricio Castro, como antecipou o R7 em dezembro de 2012.

O espetáculo teve como inspiração o assassinato da menina Isabella Nardoni, jogada da janela pelo próprio pai e a madrasta, que permanecem presos após serem condenados pelo crime.

Uma liminar conseguida pelos advogados da mãe da garota, Ana Carolina Oliveira, impediu a estreia do espetáculo na noite deste sábado (2).

Gloria Perez: “Faltou sensibilidade”

Procurada pelo Atores & Bastidores do R7, a escritora Gloria Perez, autora da novelaSalve Jorge (Globo), deu sua opinião sobre o caso. Na época em que a menina Isabella Nardoni foi assassinada, quase cinco anos atrás, Gloria, que também teve a filha Daniella Perez assassinada, deu apoio à mãe da garota, Ana Carolina Oliveira.

Gloria falou que a liberdade de expressão é tão importante quanto os direitos individuais.

– É um assunto muito delicado [o cancelamento da peça pela Justiça]; dou razão à mãe da Isabella: a liberdade de expressão é um direito muito caro a todos nós e duramente conquistado, mas os direitos individuais não são menos importantes e também estão resguardados pela Constituição.

Gloria ainda explicou o porquê de seu apoio à mãe de Isabella.

– Deve ser muito doloroso para a família de Isabella ver aquela tragédia transformada numa encenação teatral, que como todo espetáculo, não terá compromisso em se ater à verdade dos fatos. Faltou sensibilidade. É o que eu penso.

Marcilio Moraes: “Em plena ditadura houve espetáculo semelhante e não houve censura”

Já o novelista da Record Marcílio Moraes é favorável ao espetáculo. Em texto escrito por meio da Associação de Roteiristas, entidade da qual é conselheiro, o autor lembrou que escreveu, em 1979, um espetáculo baseado em um crime semelhante ao de Isabella Nardoni, O Último Dia de Aracelli, que contou com Aracy Balabanian no elenco.

– Como esta [peça] do grupo Satyros, [a minha também] baseava-se num caso policial, de uma menina assassinada anos antes, no Espírito Santo. Escrevi a peça a partir de um romance de José Louzeiro, reportagens e documentos judiciais. Naquela época, ainda existia a censura e, além dela, tivemos medo de alguma ação contra o espetáculo, porque a sórdida história envolvia gente poderosa.

Mas, segundo Moraes, não houve censura ao seu espetáculo.

– Mas nada aconteceu. O espetáculo fez carreira, teve boas críticas e indicações para prêmios. Não sei se é o caso, mas o pessoal dos Satyros poderia usar este exemplo. Mostrar que em plena ditadura houve um espetáculo semelhante ao deles que não sofreu cerceamentos.

Multa é de R$ 10 mil; Satyros vão recorrer

O blog procurou o autor do espetáculo, Lucas Arantes, perguntando se ele gostaria de se manifestar sobre o caso, mas não obteve resposta até o momento. Em sua página oficial, o grupo Os Satyros, comandado pelos artistas Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, publicou nota dizendo que irá respeitar a Justiça, mas que recorreria da liminar. Caso a obra seja encenada, a multa é de R$ 10 mil.

Leia o comunicado oficial dos Satyros:

“A Cia de Teatro Os Satyros informa que, em respeito a decisão proferida pelo Excelentíssimo Senhor Desembargador Dr. Fortes Barbosa, da 6a. Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, a estreia da peça teatral ‘Edifício London’, escrita pelo talentoso dramaturgo Lucas Arantes e que teve como ponto de partida e inspiração as peças teatrais Macbeth, de William Shakespeare, Medéia, de Eurípedes, e o caso policial brasileiro que abalou o país e ficou conhecido como Caso Isabella, foi cancelada.

Informamos que serão adotadas todas as medidas necessárias fazer valer o que prescreve o inciso IX, do artigo 5o., da Constituição Federal brasileira, que diz, de forma clara e precisa, que “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença.

r7

Anúncios

R7 transmite A Fazenda 24h e com conteúdos extras

casa chahestian 188 R7 transmite <i>A Fazenda</i> 24h e com conteúdos extras

R7 já está aquecendo os motores para mais uma edição de A Fazenda, reality show que começa no próximo dia 29 na telinha da Record.

E se você gosta de saber tudo o que está acontecendo na sede do jogo apresentado por Britto Jr., é só se conectar e acompanhar, de graça, a transmissão 24 horas de A Fazendapelo Portal R7. Para isso, basta fazer o email R7, que é gratuito!

“Mais uma vez o R7, em sua característica inovadora, busca democraticamente ofertar um conteúdo freemium, ou seja, um produto de qualidade, exclusivo e sem custo para os usuários. Transmídia está no nosso DNA”, afirma o Diretor Geral de internet da Record, Antonio Guerreiro.

Além de saber tudo o que os famosos aprontam no reality, será possível conferir vídeos extras no A Fazenda Online, assim como já aconteceu com sucesso de público nas edições anteriores.

Os episódios mostrarão curiosidades e detalhes sobre a vida e comportamento dos peões.Clique aqui para relembrar o episódio sobre os bordões do grupo da quarta edição.

E enquanto a quinta temporada não começa, Britto Jr. adianta as mudanças no jogo neste ano.

"Cante Se Puder" estreia hoje no SBT

 

Patrícia Abravanel e Márcio Ballas

Nesta quarta-feira, 18 de janeiro, às 22h30, os apresentadores Patrícia Abravanel e Márcio Ballas comandam a estreia do “Cante Se Puder”, no SBT sob direção de Ricardo Mantoanelli.

Para Patrícia Abravanel, encarar desafios não vai ser um problema para os convidados famosos. “O programa é muito divertido. Acredito que todos vão topar os desafios com muito bom humor e alegria. Os quadros são vibrantes e extremamente engraçados”, diz a apresentadora.

E o apresentador Márcio Ballas vai usar seu talento para o improviso para apimentar os desafios e agitar ainda mais os convidados. “O improviso é super útil pelo fato do programa ser dinâmico e cada convidado ter uma reação imprevisível a cada prova. Assim temos que lidar com cada situação de uma maneira que não podemos prever anteriormente e temos que jogar com o inesperado. Isso é improvisar”, explica o apresentador.

SBT

Especial "Corações Feridos", a nova novela do SBT

atores de coracoes feridos

O SBT estreia nesta segunda-feira (16), logo mais às 20h30, a novela “Corações Feridos”.
A história é assinada por Iris Abravanel e é um remake de “A Mentira”, exibida no SBT em 2004. Esse é o terceiro trabalho da esposa de Silvio Santos, que também emplacou “Vende-se um Véu de Noiva” e “Revelação”.

A direção geral é de Del Rangel, que após aproximadamente três anos de casa foi demitido meses depois, enquanto estava na pré-produção de “Carrossel”.

A trama estava na gaveta da emissora desde 2010.