Ministério da Justiça proíbe nova reprise de “Mulheres de Areia”

FAMOSIDADES

 

“Mulheres de Areia”, exibida originalmente na faixa das 18h, não poderá mais ser reprisada no “Vale a Pena Ver de Novo”, onde esteve em cartaz duas vezes: em 1996 e 2012.

Isso porque o Ministério da Justiça reclassificou o folhetim e o considerou impróprio para menores de 12 anos. Se a Globo não recorrer, a produção não poderá mais ser exibida antes das 21h, o que inviabilizaria a reprise.

Os motivos do veto seriam a presença de “violência, linguagem inadequada e consumo de droga lícita”. Em 1993, no entanto, ela foi considerada “livre” para todas as idades.

Em 2011, a novela foi reclassificada para maiores de 10 anos. Segundo o Ministério da Justiça, a mudança de agora busca “prevenir danos a crianças e adolescentes em possíveis exibições futuras”.

Por conta dessa nova faixa etária, a novela “Mulheres de Areia” só poderá ser exibida atualmente a partir de 21h.

Anúncios