Fãs do SBT fazem campanha para promover ‘Cuidado com o Anjo’ nas redes sociais

Fãs de "Cuidado com o Anjo" fazem campanha para promover novela nas redes sociais

Os fãs da novela “Cuidado com o Anjo”, que estreia nesta segunda (1) nas tardes do SBT, iniciaram neste domingo (31) uma campanha no Twitter para promover o folhetim mexicano.
Com a hashtag “AssistaCuidadoComOAnjoSBT”, eles esperam divulgar a trama que é um dos maiores sucessos de audiência no México.
“Cuidado com o Anjo” é baseada na novela venezuelana “Una Muchacha Llamada Milagros” de Delia Fiallo, com adaptação de Nathalie Lartilleux e direção geral de Víctor M. Foulloux e Víctor Rodríguez.
No papel principal estão Maite Perroni e William Levy.
A novela irá ao ar de segunda a sexta, às 15h45a
Anúncios

Jura? Mãe da interprete de Maria Joaquina esclarece boatos de que a filha tem namorado

A mãe de Larissa Manoela, interprete do personagem de Maria Joaquina na novela infantil exibida pelo SBT, ‘Carrosel’, decidiu via rede social esclarecer de uma vez por todas os boatos de que sua filha teria um namorado de 17 anos.

“Essa situação já está ficando INSUSTENTÁVEL! Por isso, pela primeira vez estou aqui pra esclarecer certos comentários maldosos a respeito de minha filha. Só não fiz isso antes pois não gosto de sensacionalismo e achei que se assim o fizesse logo os mesmos acabariam, porém não é o que estou vendo, Estou privando minha filha do contato com fãs que a estimam e torcem pelo sucesso dela, devido a pessoas sem noção alguma que estão postando e outras acreditando, que a mesma, com 11 anos esteja namorando um menino de 15, 17 ou 19 anos.”

E não parou por ai, Silvana -nome da mãe- ainda revelou que a foto que está circulando de sua filha com um menino que ela desconhece a identidade é verdadeira e que ele pediu para Larissa tirar uma foto pois se dizia muito fã da menina, ela por sua vez concedeu a foto e acabou acontecendo os boatos.

PI

Ricardo Linhares melhora Ibope de “Malhação”

Divulgação

O autor Ricardo Linhares, responsável por “reformar” a trama de “Malhação” (Globo), conseguiu melhorar o Ibope na novelinha.

“O público gosta de ver conflitos. O espectador quer se emocionar e se entreter. Conflito não quer dizer drama. Investi em tramas leves, românticas, contemporâneas, contadas num ritmo bastante ágil”.

Para continuar apostando no sucesso da trama, que está no ar há 17 anos, a emissora decidiu retornar ao formato inicial de “Malhação” para a próxima temporada, com histórias curtas, que duram, no máximo, duas semanas.

Só que, desta vez, Ricardo Linhares não terá participação, mas acredita na característica que ele mesmo implantou na época para a novela.

RD1

Ministério da Justiça proíbe nova reprise de “Mulheres de Areia”

FAMOSIDADES

 

“Mulheres de Areia”, exibida originalmente na faixa das 18h, não poderá mais ser reprisada no “Vale a Pena Ver de Novo”, onde esteve em cartaz duas vezes: em 1996 e 2012.

Isso porque o Ministério da Justiça reclassificou o folhetim e o considerou impróprio para menores de 12 anos. Se a Globo não recorrer, a produção não poderá mais ser exibida antes das 21h, o que inviabilizaria a reprise.

Os motivos do veto seriam a presença de “violência, linguagem inadequada e consumo de droga lícita”. Em 1993, no entanto, ela foi considerada “livre” para todas as idades.

Em 2011, a novela foi reclassificada para maiores de 10 anos. Segundo o Ministério da Justiça, a mudança de agora busca “prevenir danos a crianças e adolescentes em possíveis exibições futuras”.

Por conta dessa nova faixa etária, a novela “Mulheres de Areia” só poderá ser exibida atualmente a partir de 21h.

Atriz que interpretou Sofia em “A Vida da Gente” será protagonista de “Malhação”

Alice Wegmann, Sofia na segunda fase, chega para ver último capítulo de "A Vida da Gente" (2/3/12)

Alice Wegmann, Sofia na segunda fase, chega para ver último capítulo de “A Vida da Gente”

Um dos destaques da novela “A Vida da Gente”, a atriz Alice Wegmann será a protagonista da próxima temporada de “Malhação”. “Estou no elenco da novela e muito feliz. O nome da minha personagem é Lia”, comemora.

Na trama das seis, a atriz viveu a exigente tenista Sofia na segunda fase da novela. Para a trama “teen”, Alice não entra em muitos detalhes, mas indica um pouco como será a personalidade de seu papel. “Ela não será exatamente bem romântica”, conta, entre risos.

Além disso, Guilherme Prates foi escalado para ser seu par romântico. Ele estava no elenco de “Vidas em Jogo”, da Record, onde viveu o esforçado Daniel. As gravações da próxima temporada de “Malhação” estão previstas para começar nas próximas semanas.

A trama, assinada por Rosane Svartman e Glória Barreto, com supervisão de Ana Maria Moretzsohn, estreia em agosto. Os atores Danielle Winits, Léo Jaime e Maria Paula, entre outros, estão confirmados no elenco da novela.

“Avenida Brasil” Bate Recorde nesta terça

A novela “Avenida Brasil”, da Rede Globo bateu recorde de audiência no capítulo da última terça-feira, (19).

“Avenida Brasil” registrou 43 pontos de audiência, e em cada cem televisores ligados em São Paulo, sessenta e sete estavam sintonizados na novela da Globo.

Para compensar o recorde de “Avenida Brasil”, o remake de “Gabriela” exibida mais tarde despencou no Ibope, 30 pontos na estreia e 21 pontos no segundo capítulo.

Em entrevista Mel Fronckowiak desmente suposta rejeição de colegas de elenco

Depois de seis meses, a banda Rebeldes volta a São Paulo em seu segundo show na capital paulista, no próximo sábado (09). Além de hits como Do Jeito Que Eu Sou e Quando Estou do Seu Lado, eles apresentam a nova música de trabalho da banda, Nada Pode nos Parar. CONTIGO! ONLINE conversou com exclusividade com Mel Fronckowiak, que vive a personagem Carla Ferrer, para saber mais sobre os shows, sua carreira e a relação com os fãs.

Nascida em Pelotas, Rio Grande do Sul, Melanie Fronckowiak trabalhou como modelo, cursou teatro, fez campanhas publicitárias, participou da novela Viver a Vida (2010) e desde o ano passado vem consolidando sua carreira como atriz e também cantora na novela Rebelde, da Rede Record. Na trama, sua personagem, Carla, é uma das seis integrantes da banda Rebelde, e sofre de distúrbios alimentares.

Contigo! Online: É o segundo show da banda em São Paulo. Como está sendo a receptividade dos fãs aqui na cidade?
Mel: Sempre somos super bem recebidos. Estamos com a mesma turnê, mas estamos reformulando os shows para aos poucos ir acrescentando musicas e tirando outras. Queremos sempre levar novidades aos fãs.

Contigo! Online: Como foram as gravações do CD e DVD ao vivo? 
Mel: Por ser ao vivo não tem grandes diferenças. Nunca houve preocupação por ser ao vivo, a gente quer fazer bem sempre. O figurino foi mais elaborado, mas demos o nosso melhor, como procuramos fazer em todas as apresentações. A música entrou muito rápido na nossa vida. São 18, 20 mil pessoas nos assistindo. A gente incorporou muito isso dos shows, a gente sobre no palco e a partir do momento em que o show começa é dar o melhor de si. Sempre fazemos o melhor independente de qualquer coisa.

Contigo! Online: Na versão Mexicana de Rebeldes a banda chegou a fazer shows fora do país, como no Brasil e na Argentina. Existe algum projeto para que a banda faça shows fora do país? 
Mel: Sinceramente não sei. A gente não sabe muito desse planejamento. Sei que em outros países também está passando a novela, mas, quanto a shows fora do Brasil, eu não sei. Nossa, ficaríamos muito felizes se isso acontecesse. Já é tão bacana conhecer o país, seria uma honra fazer show fora do Brasil. Acredito que isso fortaleceria o projeto.

Contigo! Online: Você acredita que a banda já esteja bem consolidada? 
Mel: A gente está há muito pouco tempo na estrada e já é um sucesso, casa cheia em todos os lugares que vamos, mas acho que uma banda só está consolidada quando tem anos de carreira. Acho que, se continuarmos assim, podemos vir a ser. Temos que aproveitar o momento para fazer o melhor e continuar crescendo.

Contigo! Online: Você está com algum projeto paralelo à novela? Ou já tem planos para depois dela? 
Mel: Acho que todo mundo pensa. Dentro de cada um a gente pensa em como será daqui pra frente, mas é muito difícil pensar agora. A gente não sabe o que está por vir, temos que estar abertos. Já que Rebelde explora tanta coisa, tem que estar atento para se fazer o melhor. Eu não estou pensando nisso agora, só penso em fazer tudo da melhor forma possível.

Contigo! Online: Nós da Contigo! temos percebido o carinho e a dedicação dos fãs de Rebeldes. Como tem sido tudo isso? Você se surpreendeu com essa ligação que eles criam com vocês?
Mel: 
Eles são muito passionais. Eles querem saber o que a gente faz ou deixa de fazer. Público jovem é afetuoso e não tem vergonha. Às vezes alguém mais velho conhece a gente, quer tirar foto, mas tem vergonha, o nosso público quer mais é estar com a gente. Às vezes a gente se surpreende porque não espera chegar a uma cidade com 300 pessoas no aeroporto. Receber o carinho deles é muito gostoso. A gente fala que esse carinho dos fãs nos motiva pra dar sempre o melhor de nós nos palcos. Eles nos dão ainda mais vontade de fazer o show.

Contigo! Online: E o que os fãs podem esperar da nova fase de Rebeldes?
Mel:
 Os fãs podem esperar o de sempre, que Rebelde continue falando de temas jovens, do dia a dia. A banda vai crescer cada vez mais dentro da novela. Rebelde vai começar a mostrar situações que a banda vive no dia a dia, que são verdadeiras. Além do amadurecimento como pessoa e profissional, as personagens tiveram o amadurecimento normal delas, como casais, em suas escolhas, na escola, o período de vestibular, coisas da vida do jovem. O que não está distante da nossa realidade, né?! Vamos continuar mostrando isso, os conflitos dos jovens.

Contigo! Online: Você deixou sua cidade natal e veio para São Paulo muito nova. Como foi essa experiência? Qual foi a maior dificuldade e o maior aprendizado?
Mel:
 São muitos aprendizados. São Paulo é muito grande e a carreira de modelo é muito concorrida. É fácil quando você tem tudo na mão, não precisa fazer muita coisa, mas quando você aprende a se virar desde cedo é diferente. Foi um grande desafio. Como a gente escuta mais não do que sim, você acaba se preparando para o depois, porque esse tipo de situação acontece sempre. A experiência foi muito boa e tenho orgulho de ter decidido isso, porque dá medo de sair de casa, mas as coisas têm um preço e você tem que batalhar por elas.

Contigo! Online: Na época em que estrelou a campanha da marca Sloggi você namorava o empresário Sergio de Moraes, que também administrava a sua carreira. Vocês ainda estão juntos? Ele ainda cuida da sua carreira ou é outra pessoa?
Mel:
 Não estamos mais juntos, mas ele continua administrando minha vida artística. Ele é muito importante pra mim. Agora estou trabalhando muito e me focando nisso.

Contigo! Online: Você começou como modelo, fez curso de teatro e chegou a atuar na novela Viver a Vida, ao lado da atriz Aline Moraes. Como você chegou até Rebelde? Como foi o convite?
Mel:
 Comecei a fazer muita publicidade e, a partir de então, ter muito interesse em trabalhar com TV. Na medida em que fui fazendo testes percebi que tinha facilidade e então passei a investir mais nisso. Em São Paulo fui estudar, fiz curso e os testes foram aparecendo. A gente acha que o meio é grande, mas não é, os convites acabam surgindo. Fiz testes para a Record, passei, fiquei lá e depois me chamaram para Rebelde.

Contigo! Online: No início, você chegou a sentir que havia algum tipo de preconceito por você ser modelo?
Mel:
 A vida toda vai ter. A beleza abre portas e fecha outras. Mas não acho que tenha nada de “Nossa… como eu sofri”. Tem uma barreira natural, mas a vida é assim. A gente tem que se provar o tempo todo.

Contigo! Online: De modelo você deu um salto na carreira de atriz e, também, cantora. Você fez curso de teatro, e de canto? Como foi o começo como cantora?
Mel:
 Engraçado que eu sempre tive uma coisa com muito próxima com a música. Meu pai tocava violão e minha mãe cantava, nada profissionalmente, mas cresci ouvindo muita música em casa e cantando. Nesse processo acabei participando do coral e do grupo de canto da escola, sempre de uma maneira tímida. Agora faço aulas toda semana, é um processo contínuo. É muito legal trabalhar com algo que você goste. Todo mundo devia ter essa experiência de subir no palco e sentir a energia do público. É uma sensação única. Todos deviam sentir isso.

Contigo! Online: Em algumas entrevistas você disse que para manter o corpo saudável você não come frituras, nem doces, sobretudo por causa da sua profissão como modelo. Você passou a ter cuidados com a voz? Quais?
Mel:
 Tomo alguns cuidados como evitar beber coisa muito gelada ou muito quente. Faço gargarejo. Em festas, por exemplo, é preciso prestar atenção pra não falar alto, porque tem show depois. Tenho que descansar, dormir, para colocar a voz no lugar. Essas coisas.

Contigo! Online: Sua personagem, Carla, sofre de distúrbios alimentares. Como você vê a importância do seu papel na apresentação dessa problemática?
Mel:
 É importante primeiro ressaltar que a bulimia não tem cura, ela fica sob controle. Esse assunto é de extrema importância e é bom sabermos que tem canal aberto que está disposto a falar sobre o tema. Quando soube da personagem conversei com um medido, conheci pacientes e conversei com eles. Tive essa preocupação, porque é um tema sério, que precisa de cuidado. A novela é divertida, mas na hora de falar sobre assuntos como esse é preciso seriedade. Bulimia e anorexia não têm graça, mata. Acredito que a gente tenha conseguido trabalhar esse assunto de forma séria.

Contigo! Online: Depois que você começou a atuar como a Carla, algum fã já falou com você sobre isso? Contou que também sofria (ou sofrem) de distúrbios alimentares (como a bulimia e anorexia)?
Mel:
 Recebi muita carta de gente que sofria disso dizendo que a personagem a ajudava. É muito legal esse retorno. É impressionante como pessoas que você nem imagina, que aparentam ser saudáveis, tenham distúrbios alimentares.

Pergunta dos fãs: Alguns veículos disseram que você estaria tendo problemas com alguns colegas de elenco. Como está sua relação com as atrizes Sophia Abrahão e Lua Blanco?
Mel:
 Isso é bobagem. Eles adoram inventar brigas amores e tudo mais. Isso não existe. Nós trabalhamos juntos diariamente, é claro que às vezes cada um fica mais no seu canto, mas isso é normal. A gente tem uma amizade muito boa. Nós nos ajudamos bastante.

Pergunta dos fãs: Existe alguma coisa entre você e o ator Chay Suede, seu par romântico na trama?
Mel:
 Eu tenho sim uma coisa pelo Chay: muita admiração pela força com que ele evoluiu e pela maneira como ele cresceu. Eu aprendo muito com ele. Tenho muita admiração por ele. A gente fala que, enquanto esse tipo de suposição existir é porque estamos conseguindo passar a mensagem da cena.

Pergunta dos fãs: Entre atuar e cantar, o que você prefere?
Mel: 
Essa é a pergunta que nos fazem mais difícil de responder. Por mais que estejamos vivenciando os dois juntos é muito difícil escolher. Mas eu, sinceramente, descubro coisas incríveis em cada uma dessas áreas.

Contigo

‘Avenida Brasil’: audiência ascendente

Novela de João Emanuel Carneiro, “Avenida Brasil” apresenta curva ascendente de audiência desde a sua estreia, no dia 26. Na primeira semana, o folhetim registrou média de 34 pontos, com 59% de participação. Na segunda, 35 com 63% de share. E na terceira, 37 com 63%. Os bons números são comemorados nos bastidores da Globo.

Enquete: Quanto Marcará “Mascaras” Em Sua Estreia

logo_mascaras

Fina Estampa: Tereza Cristina mata Ferdinand eletrocutado em banheira e faz nova referência a Nazaré

Imagem
Depois de usar os serviços sujos de Ferdinand (Carlos Machado) durante toda a novela, Tereza Cristina (Christiane Torloni) irá matar seu “capanga” eletrecutado numa banheira de motel, no último capítulo de “Fina estampa”. A megera promete transar com o bandido se ele entregar as gravações que a incriminam. Os dois vão para o quarto e ela diz que só irá para a cama com o vilão se ele tomar um banho. Animado, Ferdinand entra na banheira e fala para a megera: “Vamos ao paraíso?”. Quando ela responde: “O Paraíso é longe demais, bebê. Seria melhor se fôssemos para um lugar mais perto.” “E qual seria?”. “O inferno”. Nisso, Tereza Cristina liga o secador de cabelo e joga na banheira, matando seu capanga. Feliz em ver Ferdinand estrebuchar, ela diz: “Mais uma vez obrigada, Nazaré Tedesco”. A cena será gravada na sexta-feira, dia 16, no Projac.

Retrô Novelas 1ª Temporada: “Essas Mulheres” Rede Record – 2005

Logo “Essas Mulheres”

Vídeo De Abertura “Essas Mulheres”

Enredo

A novela se passa na cidade do Rio de Janeiro do século XIX.
Movimentando a trama estão três mulheres: AuréliaLúcia (que no início se chama Maria da Glória, adotando outro nome quando se torna cortesã), e Mila. Amigas, freqüentam aulas de uma professora progressista que ensina francês e música à meninas da sociedade. Mila é rica, mas Aurélia e Maria da Glória têm as aulas pagas por caridade do banqueiro Artur Tavares do Amaral. Mas não demora muito para o destino separá-las. A vida das três toma rumos diferentes, mas elas continuam ligadas.

As Mulheres

Essas Mulheres é baseada na obra do escritor brasileiro José de Alencar, reunindo personagens de três obras suas: SenhoraDiva e Lucíola. Para reunir as três tramas, alterações foram feitas – como tornar Leocádia, tia da personagem da Mila em Diva, sua mãe, Firmina Mascarenhas de Senhora de dama de companhia de Aurélia Camargo em cafetina do bordel onde Lúcia de Lucíola trabalhava e cumplice de Manoel Lemos e Adelaide Amaral de Senhora de amiga de Aurélia Camargo na principal rival da protagonista e grande vilã da novela.

Aurélia (Christine Fernandes): moça pobre, mas digna e honrada. Apaixonada por Fernando, vê o seu grande amor lhe trocar por Adelaide por causa de um dote, a partir daí vê sua vida desmoronar perante os golpes da vida que pioram ainda mais a situação: é despejada de sua casa, sua mãe e o seu avô. Após o seu tio Lemos assumir a sua tutela passa pelas piores situações possíveis. Sua vida muda quando recebe uma inesperada herança. A fortuna lhe da condições de ter o homem que ama e ela não hesita em vencer sua maior rival, e casa-se com Fernando, só para descobrir que, longe da ventura sonhada, comprou o infortúnio. Terá de enfrentar as manobras do terrível vilão que é seu tio e tutor, Manoel Lemos, firmemente disposto a se apropriar da fortuna que ela herdou.

Mila (Miriam Freeland)jovem bem nascida. É inconformada com as limitações e preconceitos da sua época. Uma moça misteriosa, tem um comportamento que causa estranheza. Guarda um grande segredo dentro de si. Vive terríveis conflitos com sua mãe Leocádia, que acha que ela esteja ficando louca. Tudo isso a leva a sofrer distúrbios psicológicos. É tratada por um médico negro, Dr. Augusto por quem acaba se apaixonando. Juntos têm que vencer barreiras e preconceitos banais impostos pela sociedadepara ficarem juntos.


Glória/Lúcia (Carla Regina): amiga de Aurélia desde a adolescência. Órfã de mãe e com o pai doente, ela se vê obrigada a se prostituir para comprar remédios para o pai. Por este gesto, é expulsa de casa pelo pai. Torna-se uma cortesã, e para não trazer vergonha à família troca de nome com uma prostituta que acaba morrendo, transformando-se assim na cortesã mas famosa da cidade. Acaba se apaixonando por Paulo, e para viver este amor enfrenta diversos preconceitos. O destino foi cruel e ela acaba perdendo seu grande amor em uma fuga, na qual é acusada de assassinato e vai parar atrás das grades.


Exibição

O romance Senhora, um dos três no qual foi baseada a telenovela, já foi adaptado outras duas vezes pela TV: na telenovela homônima exibida em 1975 pela Rede Globo e na novela O Preço de um Homem, exibida pela TV Tupi em 1971.

A telenovela da Record foi reapresentada no canal pago Fox Life entre setembro de 2006 e março de 2007, de segunda a sexta nos horários das 2h, 7h e 13h, tendo sido reiniciada a partir de março, com término em julho do mesmo ano, quando foi substituída por sua antecessora original: A Escrava Isaura e está novamente sendo reexibida pelo Fox Life às 13h com reapresentação do capítulo às 2h. Pela própria Record, foi reprisada entre 9 e 31 de outubro de 2007, em 17 capítulos, às 17h, substituindo Zorro: A Espada e a Rosa, mas, devido aos baixos índices de audiência, foi retirada da programação [1].

Elenco

Ator Personagem
Christine Fernandes Aurélia Lemos Camargo
Carla Regina Maria da Glória Assunção / Lúcia Bicallo
Miriam Freeland Emília Duarte (Milla)
Gabriel Braga Nunes Fernando Rodrigues de Seixas
Paulo Gorgulho Manoel Lemos
Adriana Garambone Adelaide Tavares do Amaral
Marcos Winter Eduardo Abreu
Roberto Bomtempo Mário Cunha
Ana Beatriz Nogueira Leocádia Duarte
Marcos Breda Alfredo Moreira
Daniel Boaventura Ferreira Pinto
Petrônio Gontijo Torquato Ribeiro
Ewerton de Castro Ministro Heródoto Duarte
Luciene Adami Profa. Ordália
Ingra Liberato Marli Lemos
Tânia Alves Firmina Mascarenhas
Luiz Carlos de Moraes Artur Tavares do Amaral
Talita Castro Isabela Lemos (Bela)
João Vitti Paulo Silva
Alexandre Moreno Dr. Augusto da Silva
Carlo Briani Rodrigo Assunção
Ana Rosa Camila Rodrigues de Seixas
Maria Stella Tolbar Mariquinha Rodrigues de Seixas
Nathália Rodrigues Nicota
Cássio Reis Tadeu
Leonardo Miggiorin Pedro Lemos Camargo (Pedrinho)
Camila dos Anjos Ana Assunção
Theodoro Cochrane Geraldo Duarte
Raquel Nunes Júlia Duarte
Luciano Quirino Simão
Valquíria Ribeiro Jesuína
Gésio Amadeu Sebastião da Silva
Fernando Oliveira Martim
Lena Roque Raimunda
Paixão de Jesus Damiana
Milhem Cortaz Lobato
Rômulo Estrela Romualdo
Maristane Dresch Laura
Mariana Clara Nina
Rejane Arruda Lúcia Bicallo
Rodolfo Valente Mateus
Lívia Graciano Germana
Pablo Rodrigues Nicolino
Luciano Faria Teodoro
Tércio Gennari Hermes
Bruno Giordano Delegado Téo
Participações Especiais

Ator Personagem
Celso Frateschi Pedro Camargo
Sílvia Salgado Emília Lemos Camargo
Sérgio Mamberti Coronel Lourenço Camargo
Antônio Petrin Inácio Silva
Tácito Rocha Barão de Alcobaça
Josmar Martins Cirurgião Feijó
Ariel Moshe Dr. Bráz
Selma Egrei Irmã Carolina
Pascoal da Conceição Dr. Peçanha (advogado de Lemos)
Clemente Viscaíno Juiz

Audiência

A estréia de Essas Mulheres obteve índices de 10 pontos com picos de 13 no Ibope. Um fato curioso é que o capítulo de estréia durou 70 minutos.[2]

No dia 23 de Maio a novela obteve seu maior pico desde a estréia. Foram indiciados 17 pontos de pico e média de 9 pontos no Ibope.[3]

No último capítulo da novela, que foi transmitido no dia 21 de Outubro de 2005, obteve média de 12 pontos com picos de 14 pontos, desapontando as expectativas da Rede Record.[4]

Audiencia Detalhada 

NOVELA: ESSAS MULHERES
HORÁRIO: 19h45
DE: MARCÍLIO MORAES
META: 12
Emissora: Rede Record
02/05 A 07/05/2005 10 08 08 09 07 06 = 08
09/05 A 14/05/2005 07 06 07 07 08 07 = 07
16/05 A 21/05/2005 09 09 08 08 08 08 = 08
23/05 A 28/05/2005 09 10 09 10 09 09 = 09
30/05 A 04/06/2005 10 10 09 09 09 08 = 09
06/06 A 11/06/2005 09 08 09 09 08 08 = 08
13/06 A 18/06/2005 08 08 08 08 07 09 = 08
20/06 A 25/06/2005 11 11 10 09 09 08 = 10
27/06 A 02/07/2005 10 10 09 09 08 08 = 09
04/07 A 09/07/2005 08 08 08 08 08 08 = 08
11/07 A 16/07/2005 08 08 09 09 08 08 = 08
18/07 A 23/07/2005 09 08 08 09 08 07 = 08
25/07 A 30/07/2005 08 08 09 09 08 09 = 08
01/08 A 06/08/2005 10 09 08 09 08 08 = 09
08/08 A 13/08/2005 09 08 09 09 09 08 = 09
15/08 A 20/08/2005 08 08 08 08 08 09 = 08
22/08 A 27/08/2005 08 08 10 08 09 10 = 09
29/08 A 03/09/2005 10 09 08 08 08 10 = 09
05/09 A 10/09/2005 08 08 09 09 09 09 = 09
12/09 A 17/09/2005 08 10 08 08 09 08 = 09
19/09 A 24/09/2005 09 09 08 09 09 08 = 09
26/09 A 01/10/2005 09 09 09 10 09 08 = 09
03/10 A 08/10/2005 09 09 09 09 09 09 = 09
10/10 A 15/10/2005 10 11 10 10 11 10 = 10
17/10 A 22/10/2005 10 11 11 11 12 10 = 11
MEDIA GERAL: 09

Entrevista Especial

MARIANA CLARA – Gente Nossa!!

Mariana Clara é gente nossa!! Para todos nós, ela é a Nina, de Essas Mulheres, sua personagem de estréia na telinha. E, não poderia ter começado melhor! A atriz compôs o elenco de uma produção brilhante, e não decepcionou.

Mariana Clara fez de sua Nina também nossa! Era uma das adoráveis mulheres de Essas Mulheres. A cortesã que dividia a casa com Lúcia, Laura e Germana, era divertida, quase ingênua, amiga, medrosa (*rs*), mas nem por isso menos bonita e sensual.

Mariana Clara é nossa entrevistada e foi muito gentil em aceitar responder a essas perguntas.

Confira!!

Nosso site – Essas Mulheres foi seu primeiro papel de destaque na TV. Você já tinha feito algo na telinha antes?

MC – Foi minha primeira novela. Na TV eu só havia feito comercial.

Nosso site – Como surgiu o convite para interpretar Nina?

MC – O Flávio Colatrello (diretor) viu meu material, gostou e me escalou para fazer a Nina.

Nosso site – Você já conhecia alguém da equipe, do elenco?

MC – Já conhecia algumas pessoas da produção e o Breda.

Nosso site – Como era o clima nos bastidores?

MC – O clima era sempre muito bom. Muito bom não, era maravilhoso! Todos com o mesmo objetivo, que esse lindo projeto desse certo, e deu! Também todos tinham muito amor pelo trabalho, e quando se tem amor o resultado não poderia ser outro!

Nosso site – Como foi a composição para interpretar a personagem? Você leu os livros? Fez algum tipo de preparação com roupas de época?

MC – Li livros, assisti filmes e estudei a parte histórica também.

Aí pensei que se eu fosse uma cortesã naquela época, inserida naquela história, como eu seria? E comecei a me fazer mais perguntas, e a escrever as respostas num caderno, que é o caderno da personagem. Então, assim, a Nina/Eu surgiu.

Nosso site – Nina era doce, e essa é uma característica admirável em uma personagem que era excluída pela sociedade. E também era divertida. Como você conseguiu mesclar sensualidade, ingenuidade e humor?

MC – Não queria que ela fosse caricata, nem todas as putas, cortesãs são iguais. Descobri essa cortesã dentro de mim. Por isso para criar a personagem e para ela ser humana, não somente uma cópia, utilizei a seguinte pergunta: ” Se eu fosse cortesã como Eu seria?”

Eu acho também que o autor, que por sinal é um gênio, teve a sensibilidade de perceber isso na Nina e então começou a escrever conforme essas características que eu trouxe para ela.

Nosso site – Você sentiu a repercussão de seu trabalho com o público? Como está sendo isso?

MC – Bastante, foi uma surpresa para mim. Eu adoro lidar com as pessoas, já fui fã de muita gente, ainda sou. E sei bem como é. Admirar o outro é muito bom, ser admirado também. É uma troca saudável.

Nosso site – Essas Mulheres foi fundamental na guinada da Record no investimento em teledramaturgia. A trama, de qualidade incomparável, chamou atenção de público e de crítica, e abriu caminho para as novas produções da emissora. O que você acha desse novo posicionamento da emissora no cenário televiso brasileiro?

MC – Maravilhoso! Nós atores estávamos carentes de outras emissoras, chega de monopólio! Ter competição só favorece o nosso trabalho, somos mais valorizados. Espero que outras emissoras também sigam o exemplo da Record.

Olha, mas o único problema ainda é o maldito ibope, acho que um câncer a ser curado.

Nosso site – Conte-nos um pouco sobre sua história. Desde quando você é atriz? Já se dedicou há alguma outra carreira? Quais foram seus outros trabalhos em dramaturgia?

MC – Comecei a fazer teatro na escola com 10 anos de idade e não parei mais. Estudei na Casa do Teatro e depois me formei no Macunaíma, onde dei aula de teatro por dois anos. Fiz curso de aperfeiçoamento do ator no Agora e vários outros cursos que complementaram minha formação. Trabalhei como repórter de teatro na rádio Jovem Pan AM, escrevi em parceria com um amigo uma revista sobre iniciação no teatro. Fiz várias peças, alguns comercias. Ano passado produzi , escrevi e atuei com mais 3 atrizes na peça “Afrodite se Quiser”.

Sobre outra carreira, eu me formei também em propaganda e marketing, e trabalhei por oito meses numa agência de marketing cultural.

Nosso site – Quais são seus projetos?

MC – Ano que vem, março talvez, pretendo voltar com a minha peça, “Afrodite se Quiser”, aqui em São Paulo..

Estou em negociação para um trabalho, ainda não dá para falar. Quero também voltar a fazer canto e ser feliz cada vez mais!!!!

Nosso site – Mariana, nós te agradecemos, não só pela gentileza de nos conceder esta entrevista, mas também pela atenção que dedica a todos que entram em contato contigo, e por sua atuação. Foi um enorme prazer conhecer seu trabalho através da Nina 🙂 Continuaremos te acompanhando. Grande beijo!!

MC – Eu que agradeço a todos. Vocês me trazem conforto, tenho muitas saudades da novela e percebo que não estou só!!! Fico muito feliz que o amor com que fizemos à novela foi e sentido por vocês! Beijos enormes e tenham um lindo Natal e um Ano Novo repleto de ótimas vibrações.

Entrevista concedida especialmente ao nosso site.
Fotos: fotolog Talita Castro, site O Fuxico, e orkut de Mariana Clara, agradecemos.

Débora Falabella muda visual para viver protagonista em “Avenida Brasil”

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120303180232.jpg

A atriz Débora Falabella mudou seu visual para viver a protagonista da próxima novela das nove da Globo, “Avenida Brasil”.

Ela deixou o cabelo curtinho para trás e adotou longas madeixas, com a ajuda do hair stylist Flávio Priscott.

De acordo com o jornal Extra, a personagem da atriz promete fazer justiça após perder a casa e a família na infância.

O último trabalho de Débora Falabella na TV havia sido na série “A Mulher Invisível”, em 2011.

“Avenida Brasil” estreia em abril.

Na telinha

Nathalia Dill mostra novo visual.

Depois de viver a decidida Doralice em “Cordel encantado”, Nathalia Dill voltará à TV em “Avenida Brasil”. Ela será uma menina rica, da Zona Sul do Rio, que se apaixonará pelo personagem de Cauã Reymond, morador do subúrbio da cidade. Para interpretar a personagem na nova novela de João Emanuel Carneiro, a atriz clareou os cabelos. Durante um ensaio para a marca de roupas femininas Mercatto, ela mostrou o novo visual e falou sobre o papel:

– É uma personagem moderna, sem preconceitos, mas que enfrenta uma barra em casa com seus pais (vividos pelos atores Alexandre Borges e Débora Bloch).

A atriz, que posou para fotos em vários pontos do Rio, como Penha, Centro, Santa Tereza e Copacabana, revelou ainda não seguir um estilo determinado na hora de se vestir:

– Acho que tem muita gente que só usa aquilo que está na moda e não abre a mente para mais nada. A moda é uma representação de vários aspectos. Se uso alguma coisa que está em alta, é porque me identifico com aquilo e me sinto bem. Não é porque alguém diz que tenho que usar. Gosto de liberdade.

Miguel Falabella ironiza críticas à novela Aquele Beijo

O ator e diretor Miguel Falabella ironizou as críticas da RevistaVeja à novela Aquele Beijo, da Globo, ao afirmar que não conhece a publicação semanal.

Escrita por Falabella e exibida às 19h, a novela foi chamada pela Veja de “fracasso completo” por não conseguir atingir os níveis de audiência exigidos pela Globo para o horário.

Ao ser perguntado sobre o assunto durante a estreia de seu musical, Xanadu, na terça (17), Miguel Falabella demonstrou ter tomado conhecimento da reportagem da revista. 

Em seguida, o ator foi bastante irônico ao comentar as críticas da publicação.

– Eu nem sei o que é a VejaEu nunca nem li a Veja!

Falabella não tem tido muita sorte no horário das 19h. Antes de Aquele Beijo ele escreveu Negócio da China, que teve vários problemas na montagem do elenco, ficou muito abaixo dos índices de audiência e chegou a ser encurtada.

Texto R7