Ex-panicat se irrita com Bruna Marquezine, pois estava investindo em Neymar

carol belli panicat Ex panicat se irrita com Bruna Marquezine, pois estava investindo em Neymar

Carol Belli está desolada (Foto: Reprodução/Twitter)

Carol Belli está inconformada que Neymar assumiu namoro com Bruna Marquezine. Ela estava com esperanças de que seria ela a ficar com o posto, acredita?

A ex-panicat confessou a amigas mais íntimas que estava investindo pesado no jogador.

Conversava até altas horas da madrugada com ele pela internet, chegou a frequentar festinhas no barco do menino no Guarujá etc.

E, quando a moça menos esperava, ele transformou a global Bruna em sua namorada oficial.

Neymar chegou a comentar por aí que nunca assumiria uma panicat. Por que será?

Enquanto isso, durante esse tempo de investimento no rico e famoso jogador, Carol continuou saindo com Bolinha, do Pânico. Tadinho!!!

A assessoria da loira afirmou que ela não fala de sua vida pessoal (super discreta, né?). Carolzinha pode espernear à vontade, desmentir essa nota quanto quiser, mas que rolou, rolou…

Anúncios

Kelly Key é condenada pela Justiça Federal

kellykey (1)

Kelly Key caiu na malha fina do “Leão”. Segundo o jornal Extra, a cantora foi condenada a pagar R$ 23.483,27 de dívida tributária do Imposto de Renda. O débito é relativo a prestações de contas dos anos de 2005 a 2007.

De acordo com a decisão da Justiça Federal, se Kelly não acertar as contas com a Receita terá os bens penhorados. A cantora tem o prazo de cinco dias para cumprir o pagamento, que pode ser parcelado. Se houver penhora de imóvel, o marido da cantora também deve ser intimado.

A assessoria de imprensa da cantora admitiu ao jornal Extra a dívida com o fisco. Segundo a nota enviada, ocorreu um erro do contador contratado por Kelly Key, que já foi dispensado. “O novo (atual) contador já entrou em contato com a Justiça e já estão resolvendo o devido pagamento”, informa ainda a nota.

Passou no Fantástico [Mãe de Elize Matsunaga não sabia de brigas da filha com marido]

Uma história que parece saída de um romance policial, ou de um filme. Uma mulher mata o marido com um tiro na cabeça, enquanto a filha de um ano dorme. A cena do crime é a cobertura de 500 metros quadrados, onde o casal morava na Zona Oeste de São Paulo.

Dez horas depois, ela esquarteja o corpo e leva os pedaços em três malas de viagem para uma estrada de terra. Nos 15 dias depois do assassinato, vive normalmente. Diz a todos que o marido desapareceu, e que espera o contato dos sequestradores. Sustentou a mentira até ser presa.

“Ela confessa espontaneamente que ela é autora do homicídio. E confessa também que ela praticou sozinha”, diz o delegado Jorge Carrasco, diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

O Fantástico conta quem é a bacharel em direito e técnica de enfermagem Elize Matsunaga, de 30 anos. Nesta semana, ela deu detalhes à polícia de como matou e dilacerou o corpo do marido, o diretor-executivo da indústria de alimentos Yoki, Marcos Matsunaga, de 41 anos.

Depois de matar o marido, Elize saiu dirigindo o próprio carro. Pretendia ir até o Paraná, mas desistiu depois de 200 quilômetros. Parou em Cotia, na Região Metropolitana, para se livrar do corpo. As malas vazias foram deixadas em uma caçamba e a faca usada no crime, numa lixeira de um shopping.

Casada havia dois anos, Elize tinha uma rotina luxuosa, com carro blindado, três empregadas, viagens ao exterior, almoços e jantares em restaurantes caros.

Uma situação bem diferente da que enfrentou em Chopinzinho, 20 mil habitantes, no sudoeste do Paraná. Na cidade em que nasceu, Elize teve uma vida humilde. Morou em uma casa até a adolescência. Depois vinha visitar a família pelo menos uma vez ao ano junto com o marido.

Elize vinha ver a mãe, que há quatro anos enfrenta um câncer de intestino. Dona Dilta Ramos Araújo diz que a filha gostava de Marcos.

“Não sabia de nenhuma discussão, sempre ligava e falava que estava tudo bem. Ele muito carinhoso com ela, ela com ele, nunca passou nada, imagem nenhuma que a gente pudesse desconfiar de alguma coisa. Ela era uma menina tranquila, menina estudiosa, sempre ajudou a cuidar das irmãs pequenas para eu trabalhar, sempre foi uma boa filha”, conta. “Ela queria fazer um curso, ter um trabalho, ter seu dinheiro”

Mas, um dia, a vida da menina pacata deu uma guinada: com cerca de 15 anos de idade, Elize fugiu de casa.

“Não sei o que aconteceu, ela nunca falou nada. Fiquei chateada, como toda mãe. Mas era coisa de adolescente”, conta a mãe de Elize.

Elize voltou para casa em pouco tempo. Passou mais uma temporada com a mãe, e acabou se mudando para a casa de um namorado, com quem viveu seis meses. A mãe do rapaz se lembra dela como uma jovem retraída.

“Parecia sempre ser uma pessoa triste. Eu sempre imaginava que era o jeito dela, porque muitas pessoas são assim, quietinhas, não são muito de conversar, não são muito de amizade”, conta Cloci Teresinha Camarotto, mãe do ex-namorado de Elize.

Na infância, Elize estudou em uma escola pública. Lá, não há registros de envolvimento em brigas ou problemas de indisciplina. Pelo contrário. Ela era considerada aluna de excelentes notas e de comportamento exemplar.

A professora que lecionou para Elize por cinco anos diz que se surpreendeu, esta semana, ao descobrir que a ex-aluna morava com muito conforto em São Paulo.

“Eu fiquei surpresa com a condição social dela, e com a real situação da mãe aqui. Eu nem tinha a menor noção de que ela estivesse tão bem financeiramente, dada a situação da mãe, que é uma senhora bem humilde, trabalhadora, trabalha até hoje na mesma função de serviços gerais”, diz Maria Salete Lorenzetti, ex-professora de Elize.

Quando saiu de Chopinzinho, aos 18 anos, Elize foi morar em Curitiba, e se formou técnica de enfermagem. Mas não seguiu a profissão. Foi para São Paulo, e virou garota de programa.

Eliza publicou seu perfil numa página da internet que anuncia acompanhantes. Foi assim que conheceu Marcos, em 2004. Ele ainda estava casado com a primeira mulher.

Na mesma época, Elize começou a estudar Direito numa universidade particular. Um dos poucos amigos da faculdade diz que Elize nunca contou quem era o namorado. Até que o colega acabou descobrindo pela internet.

“O Marcos que você namora é o Marcos Kitano? Ela falou ‘É, mas eu não quero que ninguém saiba. Porque ele tem uma posição social diferenciada, vai que alguém faz alguma coisa, pensa alguma coisa. Ou com ele ou comigo’”, conta José Américo Machado, amigo de Elize.

Elize não gostava de falar da vida de milionária que levava, mas era generosa com os amigos.

“Teve uma fase difícil da minha vida, eu não tenho vergonha de falar não, até conta de água e luz… Ela chegou e falou: ‘Como é que está lá, deu dinheiro na minha mão. Ela era muito humana. Humana demais”, diz o amigo.

Sem poder abandonar o tratamento contra o câncer, a mãe de Elize não foi a São Paulo e não falou com a filha depois da prisão. “Um pesadelo… Eu queria que acordasse e não fosse verdade, fosse um filme que voltasse, só que não pode ser assim, não volta atrás”.

Bomba: “Roda Roda” Vai Entrar No Lugar De Chaves No Começo Da Noite

Montagem Ricardo Vitorino

A Partir Da Próxima Segunda (23) o SBT Vai colocar no lugar de chaves No inicio da noite o programa “Roda Roda” mas não vai ser apresentado por Silvio santos não, vai ser apresentado por Patrícia Abravanel e Liminha.

Vamos ver se o programa vai levantar a audiência do canal que costuma marcar 4 a 5 Pontos nesse horário.

Ricardo Vitorino

Me Siga No Twitter: @Ric_Vi

Junto do Pânico, Silvio Santos vem aí…

Wellington Muniz encarna seu personagem mais famosopanico

Silvio Santos vem aí!!! O personagem interpretado por Wellington Muniz, o Ceará, e toda a trupe do Pânico estão contando os dias para que o programa entre na grade da Band.

No entanto, diferentemente do Silvio Santos original, o personagem mostrou durante uma sessão fotográfica que ainda não ganhou madeixas grisalhas… Será que isso vai mudar?

A atração estreia na programação nesse domingo, dia 1º de abril. Anote na agenda e não perca.

band

Silvio Santos muda tonalidade do cabelo para grisalho; veja foto

09-silvio-santos-jpg_121118

Silvio Santos, 81 anos, decidiu mudar a tonalidade do cabelo para grisalho. O dono do SBT passou pelo salão do cabeleireiro Jassa, o único que mexe em suas madeixas há anos.

Robson Jassa, filho de Jassa, publicou, em seu Twitter, uma imagem em que aparece ao lado do pai e de Silvio com o novo visual. “Foto com Silvio Santos tirada agora pouco aqui no salão! Visual 2012! Meus ídolos”, escreveu ao postar a imagem, nessa quinta-feira (8).
Silvio está de volta ao Brasil após uma temporada de três meses nos Estados Unidos. Ele desembarcou em São Paulo no último sábado (3).

yahoo

"Roda a Roda" chega ao fim em março no SBT; novo programa estreia

roa a roda

O programa “Roda a Roda” está prestes a deixar a grade de programação do SBT.

Em março, a atração comandada por Silvio Santos chega ao fim e abrirá espaço para um novo game-show, que continuará recebendo consultores da Jequiti Cosméticos, do Grupo Silvio Santos.

A informação partiu da própria empresa, que ainda revelou que o novo programa deve estrear em maio. “Para continuarmos neste ritmo de sucesso, o programa Roda a Roda Jequiti sairá de cena no mês de Março para abrir as portas a um projeto muito mais ousado. Em meados de Maio teremos um novo programa, que está sendo elaborado pela pessoa que mais entende de televisão no Brasil: Silvio Santos! Ele está trabalhando pessoalmente no formato deste novo programa, que também contará com a participação de nossos consultores e clientes”.

A Jequiti enviou um comunicado a seus consultores contando a novidade. Ainda na carta, o presidente da empresa e vice do Grupo Silvio Santos, Lásaro de Carmo Junior, diz: “a concorrência vai tremer quando souber. Vamos ’causar’ em rede nacional”.

Especial "Corações Feridos", a nova novela do SBT

atores de coracoes feridos

O SBT estreia nesta segunda-feira (16), logo mais às 20h30, a novela “Corações Feridos”.
A história é assinada por Iris Abravanel e é um remake de “A Mentira”, exibida no SBT em 2004. Esse é o terceiro trabalho da esposa de Silvio Santos, que também emplacou “Vende-se um Véu de Noiva” e “Revelação”.

A direção geral é de Del Rangel, que após aproximadamente três anos de casa foi demitido meses depois, enquanto estava na pré-produção de “Carrossel”.

A trama estava na gaveta da emissora desde 2010.